sábado, 31 de dezembro de 2011

Quando o fim chegar

É o último dia do ano. Uma nova era se inicia. Estou de joelhos orando ao Rei, mas algo no horizonte me prediz a morte. Sinto a mancha vermelha que se aproxima, e não é o sol nascente. Ele já se pôs a muito tempo.  Sinto o gosto do sangue. O meu sangue? A minha morte? Vejo o fim. O Apocalipse. Será? Quero me ajoelhar de novo, mas não acho que vá mudar nada. Já está nas mãos Dele. Vou procurar algo pra comer.

Nenhum comentário:

Quem sou eu